ARTE E CULTURA >> Circo

  • Circo: Picadeiro Móvel no Boulevard Olímpico

    Da Redação em 11 de Novembro de 2018    Informar erro
    Local: Praça Mauá
    ENDEREÇO: Av. Rodrigues Alves, 335 - Centro
    DATA : 10/11/2018 HORA : das 9h às 17h VALOR : grátis
    DATA : 11/11/2018 HORA : das 9h às 17h VALOR : grátis
    O Sesc RJ promove o Picadeiro Móvel com espetáculos, intervenções artísticas, atividades formativas e encontros entre profissionais de todas as formações circenses.
     
    O Boulevard Olímpico vai se transformar por um final de semana no maior picadeiro do estado do Rio de Janeiro.
     
    A realização do Picadeiro Móvel envolve a atuação direta de cerca de 100 artistas, das mais diversas modalidades (acrobacia de solo, equilibrismo, mágica, malabares, portagem, contorção, palhaçaria, entre outras) como espaços de preservação da memória, pesquisa e difusão da arte do circo.
     
    Programação
     
    MESTRES DE CERIMÔNIA | João Artigos e Alexandre Hryhorczuk – Seu Flor e Senhor Palhaço (RJ)
    A dupla Seu Flor e Senhor Palhaço apresenta cenas curtas de humor e circo durante os dois dias de programação.
     
    OFICINAS CIRCENSES
    10 e 11 de novembro, 9 às 10:30h
     
    Vivências práticas das técnicas de perna de pau e malabares, a fim de desenvolver o potencial criativo corporal dos participantes, promovendo uma aproximação do público com a arte circense.
     
    A SANFONÁSTICA MULHER-LONA | Lívia Mattos (BA)
    10 de novembro, 10h
     
    A sanfonástica mulher-lona é um delírio circense em forma de intervenção itinerante. É o circo em si, metaforizado por sua autonomia e liberdade potente de chegar onde quer, adentrando territórios e diluindo fronteiras. É, ao mesmo tempo, a charanga e o picadeiro de uma mulher só́, que conta - por seu acordeom - os sons de seu caminhar, imersa no universo poético do fantástico. A intervenção é realizada por Lívia Mattos - circense, musicista e socióloga - apresentando seu miniconcerto ambulante, vestida de lona de circo.
     
    O MENOR CIRCO DO MUNDO – AS NOVAS AVENTURAS | Trupe Família Clou (Nova Friburgo/RJ)
    10 de novembro, 11h
     
    Com números de mágica, malabarismo, equilíbrio, música ao vivo e palhaçaria, a Trupe Família Clou apresenta no espetáculo circense O menor circo do mundo a história de um picadeiro onde os trapezistas voadores voaram, o mágico sumiu, os barreiras foram barrados, os animais voltaram para a floresta e só restaram os palhaços.
     
    OSSOS DO OFÍCIO | Dalmo Latini (Nova Friburgo/RJ)
    10 de novembro, 11:45h
     
    Em meio a caixas de som, microfone e adereços em miniatura, uma caveira canta e dança clássicos do rock.
     
    RODA | Rapha Santacruz (PE)
    10 de novembro, 12h
     
    Circulando ele vem, trazendo na bagagem, a alegria genuína de um brincante popular. E vai "arrudiando" e fazendo surgir uma surpresa a cada volta, e a roda vira circo, e do encontro brota magia. Arrudeia: ele chama pra cena. E lá vem os sons, os brinquedos, os meninos, o povo... O brincante é de inspiração nordestina mas tem linguagem universal. A Roda é moinho de risada, ciranda de gente vestida de infância. Sem começo, sem fim, a Roda é o meio de tudo que de tudo um pouco tem.
     
    ESTARDALHAÇO | Cia Traço de Teatro (SC)
    10 de novembro, 13h
     
    Dois palhaços estendem sua lona e se preparam para apresentar o maior clássico de todos os tempos. No repertório, a verdadeira história de amor de Leonardo DiCaprio e de sua Julieta, suas vidas e mortes, amores e guerras. Romeu e Julieta, de William Shakespeare, é reinventada com truques, brincadeiras, números cômicos e jogos de improviso. O espetáculo que deveria abrilhantar seus artistas se perde em histórias mistas... O resultado exige desembaraço, mas os palhaços aprontam um verdadeiro estardalhaço!
     
    CARTA BRANCA | Cia do Relativo (SP)
    10 de novembro, 14h
     
    Em uma sala de uma só parede, quatro artistas de circo se encontram para ocupar o vazio e transformá-lo constantemente: São bancos, bolas e tábuas de madeira que, através de manipulações, voam pelos ares e deslizam pelo chão, invadindo o espaço e criando em cada momento um novo cenário de jogo. Com acrobacia, dança, malabarismo e música ao vivo, esses companheiros não medem esforços para compartilhar seus sonhos e cumprir seu dever: Entreter o público! Mas, através de suas cartas brancas, buscam a sinceridade em compartilhar algo que seja realmente significativo e, assim, acabam expondo seus medos, motivações e fragilidades, mostrando aspectos vulneráveis de suas personalidades.
     
    O CIRCO A CÉU ABERTO | Fabiano Freitas (Sana/RJ)
    10 de novembro, 15h
     
    O espetáculo reúne esquetes cômicas clássicas e originais, resgatando a atmosfera lírica do circo-teatro.
     
    CAPOESIA | Cia Nós do Bambu (DF)
    10 de novembro, 15:45h
     
    Uma peregrina amazona e um tripé de bambu. Intimidade, cumplicidade e afeto entre objeto e artista. Companheiros de viagem por vastidões. Na jornada da percepção, a relação entre os dois se transmuta em miríades de significados simbólicos. A expressão da inovadora arte corpo bambu amadurecida pelos 15 anos de pesquisas ininterruptas. Nesta alquimia, soma-se a capoeira, novo ingrediente amalgamado à poesia em movimento.
     
    BAGUNÇO NO ATO (RJ)
    10 de novembro, 16h
     
    Uma trupe de circo se prepara para começar seu espetáculo de rua mas é interrompida por um grupo de músicos fanfarrões que pretendem ocupar o mesmo espaço público. O que a princípio seria um conflito, recai sobre a lógica do “se não pode vencê-los, junte-se a eles”. O show do Bagunço então se funde ao Cabaré do Circo no Ato e o resultado não é nem um show de música e nem um cabaré de circo, o resultado é o Bagunço no Ato, com circo, música e muito humor. Um espetáculo de rua vivo, sonoro, visual, para agradar a toda a família.
     
    TUBOS E CUBOS NA RODA | Dupla GomesNinow (RJ)
    11 de novembro, 10h
     
    Tubos e Cubo na roda é uma intervenção e tem como conceito o pop-street. A Dupla, Senhorita Ninow e Mister Gomes, apresenta um show de equilíbrio, manipulação de formas e muita comédia. Enquanto ele mostra sua habilidade com um cubo gigante de alumínio, ela convida a plateia para participar ativamente do espetáculo, brincando musicalmente e jogando com situações que surgem no momento.
     
    RODA NA PRAÇA (AM)
    11 de novembro, 11h
     
    Roda na Praça é uma iniciativa independente que leva o riso, a arte e a empatia para as praças de Manaus. É composta por artistas locais que desenvolvem suas pesquisas em diferentes linguagens artísticas, como: palhaço, dança contemporânea e aérea, circo e performance; aproximando assim, a arte do público e resgatando praças públicas por sua função primordial, uma área de convívio e de troca.
     
    SUSPIROS E BURBUJAS | Cia Laguz Circo (CE/Argentina)
    11 de novembro, 12h
     
    Suspiros e Burbujas cria uma atmosfera mágica, um encontro espontâneo do público que se aproxima pelo encantamento do palhaço, da palhaça, das bolhas de sabão gigantes e da singela música feita pelo acordeón e escaleta. Os artistas utilizam as técnicas da acrobacia de dupla, malabares e música ao vivo tendo como base a linguagem da palhaçaria.
     
    TRADICIONAL POCKET SHOW | Circo Le Chapeau (MS)
    11 de novembro, 13h
     
    O espetáculo faz uma viagem aos circos itinerantes. Entre um número e outro, entre trocas atrapalhadas de figurinos, o trabalho dos barreiras para deixar tudo pronto para o show, além da engraçada disputa entre dono do circo e o palhaço para serem a figura central do espetáculo: O apresentador. Tradicional Pocket Show irá transformar qualquer lugar em um verdadeiro circo sem lona.
     
    INTERMEZZO | Teatro de Anônimo (RJ)
    11 de novembro, 14h
     
    Intermezzo é um espetáculo que tem como base a estrutura dramatúrgica clássica dos espetáculos de circo baseados na variedade, na grande eloquência e na relação de jogo empático com o espectador. Intermezzo explora, principalmente, a linguagem da comicidade, utilizando técnicas como magia, dança e equilibrismo.
     
    CLAKE | Circo Amarillo (SP)
    11 de novembro, 15h
     
    Espetáculo cômico que evidencia o trabalho da dupla Marcelo Lujan e Pablo Nordio como palhaços excêntricos musicais. Sequências de gags clássicas são combinadas com a linguagem contemporânea da dupla e resultam num espetáculo de palhaçaria física e musical. Uma interessante experiência de sonoridades e circo que diverte o público de todas as idades.
     
    LUNA PARQUE | La Mínima (SP)
    11 de novembro, 16h
     
    Um parque ambulante apresenta aos visitantes um acervo com as mais fantásticas atrações: “Monga a Mulher Gorila”, “Johnny o Homem - Balla” e muitas outras surpresas, todas patrocinadas pelo poderoso “Elixir Luna Parke, a vida num instante! ”. A Companhia coroa o espetáculo encenando uma farsa, esta talvez, a mais “bizarra” das atrações.
     
    Foto: Thais Lima

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.




    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post LUIZ CARLOS:
        este evento circense no boulevard sera proximo em que local ou entao me forneça o contato para tirar esta duvida obrigado pela atençao


CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA