ARTE E CULTURA >> Música

  • Depoimento de Paulo César Pinheiro na Casa do Choro

    Da Redação em 13 de Novembro de 2017    Informar erro
    Local: Casa do Choro
    ENDEREÇO: Rua da Carioca, 38 - Centro
    DATA : 15/11/2017 HORA : 19h VALOR : Grátis
    Com 68 anos e prestes a completar 50 de carreira, o nome de Paulo César Pinheiro (foto) está associado ao que de melhor a música brasileira produziu nesta segunda metade do século XX. O autor de clássicos como Lapinha, Viagem, Quaquaraquaquá, Canto das três raças, Portela na Avenida, Menino-Deus, Espelho, Desenredo e Vento bravo, entre tantas outras, é o convidado da série Depoimentos da Casa do Choro, na série Saraus Petrobras, dando continuidade à série Memória Viva Carioca, realizada pela Casa em 2015 e 2016, registrando para a posteridade entrevistas históricas com personagens importantes da música brasileira, como o poeta Hermínio Bello Carvalho, o trombonista Zé da Velha, além dos últimos registros do compositor e baterista Wilson das Neves e do percussionista Jorginho do Pandeiro.
     
    Sobre Paulo César Pinheiro
    Paulo César Pinheiro se notabilizou como o letrista mais produtivo de toda a história da nossa música popular. Até a última contagem, em 2012, sua obra contabiliza mais de 2.000 letras, feitas para mais de 100 parceiros, entre os quais Pixinguinha, Radamés Gnatali, Tom Jobim, Baden Powell, João Nogueira, Mauro Duarte, Francis Hime, Edu Lobo, Dori Caymmi, Eduardo Gudin, Sérgio Santos e Lenine, entre muitos outros.
     
    Cerca de mil dessas canções foram – e continuam sendo – gravadas por mais de 500 intérpretes da nossa música, a partir dos registros fundamentais de Elis Regina, Clara Nunes, Elizeth Cardoso, Amélia Rabello, MPB-4 e Nana Caymmi, entre muitos outros. Além de sua obra discográfica, das trilhas sonoras feitas para teatro, cinema e televisão, e dos espetáculos musicais que criou em torno da congada e da capoeira (Galanga Chico-Rei e Besouro Cordão-de-Ouro), Paulo César Pinheiro é autor de quatro livros de poemas publicados (Canto Brasileiro, Viola Morena, Clave de Sal, Atabaques, Violas e Bambus) e de dois romances (Pontal do Pilar e Matinta, o Bruxo), estes lançados pela Editora Leya em 2009 e 2011.
     
    Foto: Divulgação

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Especial Guns N´ Roses no La Esquina
      Saiba Mais
      Marquinhos de Oswaldo Cruz no Carioca da Gema
      Saiba Mais
      Douglas Lemos e Trio JB no Grand Prix Piano Bar
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA