ARTE E CULTURA >> Teatro

  • POR ELAS, peça que aborda a violência contra a mulher

    Da Redação em 02 de Março de 2018    Informar erro
    Local: Antigo Palácio da Justiça - Sala Multiuso
    ENDEREÇO: Rua Dom Manuel, 29 - Centro
    CONTATO: 21 3133-3768 / 3133-3548
    DATA : 08/03/2018 HORA : 19h VALOR : Grátis
    DETALHES: Distribuição de senhas às 18h30
    LINK: Clique aqui e visite o site
    Apresentação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher da leitura dramatizada de Por Elas, uma peça que aborda a violência contra a mulher. A peça mostra um grupo de mulheres desconhecidas entre si que têm em comum a violência na sua vida amorosa e está reunido para falar sobre suas histórias. Conforme os relatos vão acontecendo, os conflitos, preconceitos, a dor e a própria violência surgem no grupo. A peça é baseada em casos reais, propondo uma reflexão sobre a cultura do machismo e suas consequências desastrosas na nas relações amorosas. Realidade de muitas mulheres brasileiras que sofrem violência na relação com seus parceiros e as dificuldades psíquicas, jurídicas, familiares, sociais e culturais para conseguirem romper com o “ciclo da violência”
     
    No Brasil, a cada hora e meia, uma mulher morre pela condição de ser mulher. O Centro Cultural do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, iniciou em 2016, pelo seu programa  “Teatro na Justiça”, pesquisa sobre o tema da violência contra a mulher para a criação de uma peça. As pesquisas realizadas partiram de fontes diversas: leituras de teses, artigos, processos judiciais, informações e notícias veiculadas nas mídias; nos encontros com profissionais do direito e da saúde que trabalham com mulheres vítimas de violência doméstica; e da escuta de relatos de conhecidos, colegas, amigos e familiares. Após a pesquisa, optou-se por retratar o “ciclo da violência” e, mais especificamente, o “feminicídio”.

    A autoria da peça é do advogado e dramaturgo Ricardo Leite Lopes em parceria com a diretora teatral Sílvia Monte, idealizadora do projeto e diretora do espetáculo. O elenco é composto por Carla Guidacci, Deborah Rocha, Dulce Penna, Gisela de Castro, Letícia Vianna, Renata Guida, Rosana Prazeres e Lucas Gouvêa. A ficha artística é formada por uma equipe de mulheres: Luciana Craveiro, figurino; Ana Luzia de Simoni, iluminação; Maira Freitas, trilha original; Nena Braga, Identidade Visual; Viviani Rayes, direção de produção. A peça faz parte do repertório do “Teatro na Justiça”, programa desenvolvido pela Agenda Cultural do CCMJ; e sua realização é do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro.  

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      “Avenida Central”, espetáculo com textos de João do Rio
      Saiba Mais
      A Outra Casa, de Sharr White
      Saiba Mais
      A Invenção do Amor, comédia romântica inédita
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA