ARTE E CULTURA >> Teatro

  • Sons de Vermelho em nova temporada

    Da Redação em 09 de Janeiro de 2018    Informar erro
    Local: Teatro Solar de Botafogo
    ENDEREÇO: Rua General Polidoro, 180 - Botafogo
    CONTATO: (21) 2543-5411
    DETALHES: Ingressos: R$40 /  R$20 (Meia/Lista Amiga) | Lista amiga pelo e-mail: sonsdevermelho@gmail.com
    LINK: Clique aqui e visite o site
    Sons de Vermelho reestreia no Teatro Solar de Botafogo com cenas inéditas e novidades na cenografia e sonoplastia. Inspirada no livro de poesias eróticas ‘O Livro Vermelho de Maria Vasco’, a nova temporada conta também com o talento da atriz Tainá Nogueira. 
     
    Há alguns anos, o diretor, roteirista e cineasta Pedro Nogh vinha com o desejo de montar um espetáculo com elenco todo formado por mulheres. A ideia foi amadurecendo à medida que se inflamavam os discursos feministas na grande mídia, até que conheceu ‘O livro vermelho de Maria Vasco’. Inspirado nas poesias eróticas do livro, Pedro Nogh romanceou o texto e deu origem ao espetáculo que traz para o palco a liberdade da mulher pelo prazer, através do conhecimento do próprio corpo.
     
    A dramaturgia discorre sobre a relação de duas irmãs; a mais nova (Tainá Nogueira), ainda em fase de descoberta do prazer, é orientada pela mais velha (Danielle Oliveira) a mergulhar em um universo sensorial proposto por um livro sacralizado em família: O Livro Vermelho. A imersão à obra - a partir de um ritual onírico liderado por uma Chapeleira Mística (Viviane Cataldi) - coloca a personagem em contato com as nuances da sexualidade humana representadas por quatro entidades: a masturbação (Maria Augusta Montera), a homossexualidade (Renata Mattos), a heterossexualidade (Bel Machado) e a multiplicidade sexual (Ana Moura). Toda a narrativa é apresentada por linguagens que transitam da poética falada à dança, significando as formas de prazer através de sons projetados pela palavra e pela música. 
     
    A cenografia de Sons de Vermelho, assinada pelo artista Vinícius Fragoso, se inspira nas obras da escritora e artista plástica Maria Vasco, dando vida a materiais reaproveitados em forma de esculturas, que preenchem o palco. Sem música de fundo, a sonoplastia será explorada através de uma rítmica de sons rústicos, que são produzidos pelo próprio elenco.
    Direção: Pedro Nogh
    Assistência de Direção: Danielle Oliveira
    Cenografia: Vinícius Fragoso
    Elenco: Maria Augusta Montera, Renata Mattos, Danielle Oliveira, Viviane Cataldi, Bel Machado, Ana Moura e Tainá Nogueira. 
    Dramaturgia: Pedro Nogh e Maria Vasco.
    Foto: Gab Campello
     

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Musical: Deixa a dor por minha conta
      Saiba Mais
      “Avenida Central”, espetáculo com textos de João do Rio
      Saiba Mais
      A Reunificação das Duas Coreias
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA