ARTE E CULTURA >> Teatro

  • Últimos dias para assistir Pupik - Fuga em 2

    Da Redação em 08 de Agosto de 2018    Informar erro
    Local: Caixa Cultural Rio de Janeiro
    ENDEREÇO: Avenida Almirante Barroso, 25/ Centro
    CONTATO: (21) 3980-3815
    DETALHES: De 09 a 12/08/18 (quinta a domingo) às 19h | Ingresso: R$20 e R$10 (meia)
    Últimos dias para assistir Pupik - Fuga em 2" na Caixa Cultural. A peça, encenada por uma atriz inglesa e outra israelense, aborda a questão da intolerância e afetos no mundo
     
    O mundo não tem fronteiras para as atrizes Naomi Silman e Yael Karavan, que juntas encenam o poético e divertido "Pupik – Fuga em 2". Judias – Yael nasceu em Israel de mãe polonesa e pai israelense, de raízes ucranianas, e Naomi nasceu em Londres de família originária da Lituânia – elas ampliam as próprias fronteiras cada vez mais.
     
    Ao longo de 20 anos de carreira, fazem teatro sem parar. Integrante do premiado Lume, de Campinas, Naomi se une a Yael para levar à cena uma reflexão sobre os desatinos que abrem e fecham portas aos seres humanos em países desenvolvidos e em desenvolvimento, gente que tenta escapar dos horrores da guerra e transitam atrás de melhores condições de sobre vivência.
     
    “O ponto de partida para a elaboração da peça foi a nossa própria experiência, pois moramos em vários países desde a infância. No momento em que decidimos fazer o trabalho contou muito o fato dos aspectos que vêm acontecendo no mundo todo, com a xenofobia, o ultranacionalismo de certos países, questões que apontam para a separação entre os seres humanos. A peça busca propor uma reflexão sobre a necessidade de conexão e não de fraturar territórios e segmentar as pessoas”, destaca Naomi.   
     
    ‘Pupik’ significa ‘umbigo’ em hebraico, mas Naomi e Yael falam vários idiomas, inclusive, brincam com isso ao longo da encenação. Parceiras dentro e fora de cena, as atrizes se conheceram em 1996 em Paris durante aulas na escola internacional de Philippe Gaulier. “Lá conheci também meu marido, o diretor Ricardo Puccetti, do Lume. Temos duas filhas. A experiência foi um divisor de águas para mim”, define Naomi, que é pesquisadora e professora de palhaçaria. Yael tem a compahia The Karavan Ensemble, baseada na Inglaterra, e inclui em seu trabalho de atriz elementos do butoh.
     
    A dramaturgia de "Pupik – Fuga em 2" é assinada pelas duas intérpretes. Estreou em 2015 em Campinas – itinerou por cidades de São Paulo e Pernambuco, além de ter sido apresentada em Portugal (Teatro Ibérico), Israel (Teatro Tmuna, em Tel Aviv) e Inglaterra (em Londres, Lancing e Worthing). Em cena, Yael e Naomi contam a história do encontro e da amizade entre duas mulheres com trajetórias similares. As personagens são descendentes de refugiados e imigrantes, que vivem uma vida fragmentada, composta de identidades, culturas e línguas diversas. No meio de um cenário global crescente de conflitos, violência e injustiças sociais, onde as pessoas são segregadas por questões de religião, nação, raça ou etnia, “Pupik” busca desenterrar o que nos liga, apesar das diferenças.
     
    As plateias ficam uma de frente à outra e Pupik – Fuga em 2 se passa no palco central. “Ao estar frente a frente, o público se olha assim como nós duas, que vestimos figurinos iguais, reforçando a ideia de que todos se espelham. É fundamental posicionar o espectador dentro da temática da discussão da identidade e preconceito”, define Naomi.
    Ficha técnica
    Concepção, atuação e roteiro: Naomi Silman e Yael Karavan // Assessoria Artística: Ricardo Pucetti // Trilha Sonora Original: Greg Slivar // Figurino: Sandra Pestana e Akshy Marayen// Desenho de luz e coordenação Técnica: Francisco Barganian // Técnicos de montagem / operação de som e luz: Eduardo Albergaria e Daniel Salvi // Design gráfico e fotos: Arthur Amaral // Registro Audiovisual: Alessandro Poeta Soave // Produção: Périplo Produções // Realizaçao: Lume Teatro e Anoné Producoes Artísticas
     
    Duração: 1h20.
    Class Etária: livre
    Foto: James Bellorini

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      A Cigarra e a Formiga - O musical
      Saiba Mais
      SOBRE RATOS E HOMENS
      Saiba Mais
      “Oito mulheres” em curta temporada no Teatro Dulcina
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA