TURISMO >> Bairros

  • Gemini, edifício cilíndrico da Lagoa é oco por dentro

    Da Redação em 20 de Setembro de 2021    Informar erro
    Um dos poucos edifícios cilíndricos do Rio de Janeiro, o Gemini, junto à Lagoa Rodrigo de Freitas, tem vista deslumbrante para a orla de Ipanema e de Copacabana, maciço do Corte de Cantagalo e Lagoa.
     
    O curioso é que o interior do edifício é oco com a entrada dos apartamentos por um enorme vão em forma de caracol com direito a plantinhas na porta. Com certeza um marco arquitetônico. Quem olha de fora tem ainda a impressão que são duas torres, mas na verdade é uma só com a fachada revestida de vidro fumê.
     
    O arquiteto é José Luiz M. Magalhães e o edifício foi construído no início da década de 70. Segundo relatos, era o "mais moderno da Guanabara". 
     
    A entrada do Gemini é pela Rua Professor Gastão Bahiana. Todos os cômodos são em V, sendo que o original do apartamento são três quartos podendo ser transformado em living em 2 ambientes.
     
    O curioso é que Gemini foi um foguete americano usado em missões espaciais nos anos 60 e chegou a ter inclusive várias versões. Não se sabe se pelo modernismo do edifício tentou-se remeter o prédio ao foguete .


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Athaydeville, o maior golpe imobiliário da história do Rio
      Saiba Mais
      Casa Cavé, a confeitaria mais antiga do Rio, fundada em 1860
      Saiba Mais
      Condomínio Jardim Vila Isabel ocupa terreno junto a pedreira desativada há mais de 50 anos
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO