TURISMO >> Passeios

  • Passeio ao Forte Duque de Caxias

    Agenda Bafafá em 26 de Outubro de 2019    Informar erro
    Local: Forte Duque de Caxias
    ENDEREÇO: Praça Almirante Júlio Noronha, s/nº - Leme (no final da Praça). Ver mapa
    DETALHES: Ponte de encontro: portão do Forte. Dica: leve água, biscoito, boné, filtro solar. Ingresso do forte: R$ 4 inteira.
    O Forte Duque de Caxias, mais conhecido como Forte do Leme, é um passeio imperdível, principalmente para quem acha que conhece tudo na cidade do Rio de Janeiro. Localizado entre o Leme e a Urca, tem uma extensa vegetação totalmente preservada.
     
    O público pode chegar até a antiga construção (a 120 metros acima do mar) numa caminhada de apenas 20 minutos numa rua de paralelepípedo no meio da mata.
     
    E o melhor: com segurança já que trata-se de uma área militar. É cartão postal para todos os lados. À beira mar vê-se por trás a exuberância do Morro da Urca e do Pão de Açúcar com os barquinhos a vela em volta.
     
    Do lado de Copacabana, avista-se a toda a praia e o Morro Dois Irmãos, a Pedra da Gávea e o Corcovado.
     
    A história da da fortificação começa entre 1776 e 1779, por ordem do Vice-Rei, Marquês do Lavradio. Foi construído no alto da Pedra do Leme, para impedir o desembarque de invasores estrangeiros na Praia de Copacabana.
     
    O Alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, ali serviu em 1789, como integrante da Companhia de Dragões de Minas, que então guarnecia a fortificação. Reformado pelo Capitão Augusto Tasso Fragoso em 1895, passou a ter o nome de Forte do Leme, recebendo, a partir de 1918, oito obuseiros gigantes Krupp (280mm), de origem alemã.
     
    Em 1935, recebeu o nome de Duque de Caxias por decreto de Getúlio Vargas. Desativada a fortificação em 1965, passou a ser constituir nas instalações do Centro de Estudos de Pessoal do Exército.
     
    É proibido utilizar trajes de banho e transitar sem camisa na trilha ou durante a visita ao Sítio Histórico. Também não é permitido conduzir ou consumir bebidas alcoólicas na trilha ou na visitação ao Sítio Histórico.
     
     

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Jardim do Palácio do Catete: ilha de tranquilidade
      Saiba Mais
      Tom Jobim-Búzios de ônibus: cinco horários em cada sentido
      Saiba Mais
      Prainha, cantinho escondido do Rio
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Geni de Araújo Nogueira:
        Passeio do forte do leme


CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO









#AGENDABAFAFA