ARTE E CULTURA >> Música

  • “Minhas Mulheres Tristes - Uma Ode Furiosa ao Samba-Canção” show das cantoras drag-queens Sara e Nina

    Da Redação em 05 de Dezembro de 2023    Informar erro
    “Minhas Mulheres Tristes - Uma Ode Furiosa ao Samba-Canção” show das cantoras drag-queens Sara e Nina

    Foto: Beto Lago

    Local: Teatro Municipal Domingos Oliveira
    ENDEREÇO: Rua Vice-Governador Rúbens Berardo, 100 - Gávea, Rio de Janeiro
    DATA : 06/12/2023 HORA : 20h VALOR : R$40 / R$20
    DATA : 07/12/2023 HORA : 20h
    As drag-queens cantoras Sara e Nina estreiam o show do LP "Minha Mulheres Tristes - Uma Ode Furiosa ao Samba-canção", uma releitura de clássicos que foram sucessos nacionais na voz das grandes divas da música entre as décadas de 40 e 70, como Dalva de Oliveira, Maysa, Dolores Duran, Linda e Dircinha Batista, entre outras.
     
    No disco, Gabriel Sanches e Alessandro Brandão, os atores-cantores por trás de Sara e Nina, reverenciam esse primoroso repertório "de cortar os pulsos", totalmente rearranjado pelo diretor e produtor musical Pedro Barbosa. Desta fonte interminável, elas selecionaram o material para o drama-show que lotou o Bar Semente, na Lapa, nos idos de 2016, e que agora remontam marcando o lançamento do LP, formato usado por aquelas grandes vozes. 

    No show elas apresentarão os 12 samba-canções do LP, outrora compostos ou cantados por mulheres que tiveram a coragem de dar voz às traições sofridas, lutas empreendidas, vontades e desejos. Num tempo em que o machismo encontrava menos resistência, esses sucessos representavam o revolucionário rompimento da mulher com o papel doméstico.
     
    Músicas como “Fracassamos”, eterna em Dalva de Oliveira, chega aqui com ecos do soul de “Back to Black” de Amy Winehouse misturado ao “Lago dos Cisnes”, e “Vingança”, dramática obra-prima de Lupicínio Rodrigues, é apresentada num clima à la The Strokes.
     
    “Segredo”, traz uma mistura do arranjo original com pitadas de “I Never Can Say Good Bye” e “Can’t Take My Eyes Off You”, hits de Gloria Gaynor. “Risque”, por sua vez, ganhou guitarras roqueiras e pitadas de “Stop In The Name Of Love”, célebre sucesso de Diana Ross nos tempos das Supremes.
     
    Já “A Grande Verdade”, foi repaginada pelo produtor com influências de Baby Consuelo e Os Novos Baianos na cabeça.
     
    As apresentações da dupla também contam com a abertura especial de Maria Navalha, entidade da Umbanda que carrega a energia dos povos de rua, de Exu, abrindo caminhos, honrando o passado e criando a possibilidade de presente próspero.
     
    Maria Navalha é luta, é força, é abertura de caminho e, principalmente, muito amor. Maria Navalha será interpretada pelo dançarino afro Cleiton Sobreira, também parceiro nessa jornada.
     
    Classificação: 14 anos
    Bilheteria: https://riocultura.eleventickets.com/#!/apresentacao/d824f2289cef31c154a1c213cccfb4f58e0e7c09
     
    Ficha técnica do show:
    Sara - Voz
    Nina - Voz

    Produção:
    Carla Yared - Direção de produção 
    Attos Raphael - Produtor

    Banda:
    Arthur Martau - Bateria e Direção Musical
    Ian Moreira - Percussão
    Gabriel Quinto - Guitarra
    Antonio fischer-band - Teclado
    Paulo Emmery - Baixo
    Joana Saraiva - Sopros

    Part. especial de Cleiton Sobreira (Abertura Maria Navalha)

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Rock in Rio anuncia as primeiras atrações de 2024, confira
      Saiba Mais
      Aniversário de Niterói será comemorado com 20 shows em quatro palcos, confira a programação
      Saiba Mais
      Festival Doce Maravilha: mais de 40 artistas confirmados no Jockey Club, vendas começam 22/02
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO