MAIS COISAS >> Jornal Bafafá

  • Campeão olímpico húngaro anti-vacina morre de Covid

    Da Redação em 28 de Janeiro de 2022    Informar erro
    O ex-ginasta húngaro Szilveszter Csollany, bicampeão olímpico, morreu aos 51 anos em consequência da Covid-19, anunciaram as autoridades esportivas do país centro-europeu.
     
    Csollany compartilhava publicações antivacina em sua página no Facebook e recusava a se vacinar contra a Covid-19. No entanto, para poder continuar com seu trabalho de treinador, em contato com crianças, ele recebeu uma dose do imunizante pouco antes de adoecer, informou o jornal “Blikk”, o que significa que ele ainda não havia desenvolvido um nível suficiente de anticorpos.
     
    O ex-ginasta contagiou-se com o coronavírus no começo de dezembro e foi hospitalizado em Budapeste em estado grave, precisando de assistência respiratória por várias semanas.
     
    Campeão europeu em 1998, conquistou a prata nos Jogos de Atlanta-1996, antes de faturar o ouro em Sydney-2000, sempre nas argolas.
     
    Durante sua carreira, Csollany ganhou mais de uma dezena de medalhas em competições internacionais. Após se aposentar em 2003, ele se tornou treinador e trabalhava em um pequeno clube austríaco.
     
     


    • MAIS COISAS QUE PODEM TE INTERESSAR

      Parque Eólico Gargaú, no norte do estado do Rio, produz energia para 80 mil pessoas
      Saiba Mais
      Niterói inaugura mais 2,5 km de ciclovia com faixa exclusiva
      Saiba Mais
      Prefeitura inverte o sentido da rua do Senado no Centro
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO