MAIS COISAS >> Jornal Bafafa

  • Cantor Belo é preso por show ilegal que reuniu multidão na Maré

    Da Redação em 17 de Fevereiro de 2021    Informar erro
    Investigado por ter realizado um show no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, na sexta-feira (12), mesmo com as proibições devido à pandemia, o cantor Belo foi preso, nesta quarta-feira (17), pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), da Polícia Civil do Rio.
     
    A apresentação ocorreu dentro da Escola Municipal do Parque União, e reuniu uma multidão, em atitude contrária às medidas de combate ao coronavírus.
     
    Além disso, a apresentação não recebeu autorização da Secretaria Municipal de Saúde. 
     
    A DCOD cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão. Uma das buscas foi na sede da produtora Série Gold, empresa que organizou o show.
     
    Os mandatos de prisão preventiva são contra Marcelo Pires Vieira, o Belo, cantor; Célio Caetano, sócio da produtora; Henriques Marques, o Rick, sócio da produtora; Jorge Luiz Moura Barbosa, o Alvarenga, chefe do tráfico no Parque União.
     
    Outras prisões
    Não é a primeira vez que Belo é preso. Em 2002, ele foi condenado a seis anos de prisão, acusado de associação para o tráfico. De acordo com a polícia, o cantor negociou drogas e armas pelo telefone com um traficante. Ficou preso por um mês e conseguiu responder em liberdade.
     
    O Ministério Público (MP) recorreu e a Justiça aumentou a pena para oito anos. Belo foi preso de novo em 2004. Na segunda vez, passou três anos e oito meses na cadeia.
     
    Fonte: G1 e Revista Fórum

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.




    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO









#AGENDABAFAFA