MAIS COISAS >> Jornal Bafafá

  • Rio inicia aplicação da segunda dose da vacina da dengue

    Da Redação em 23 de Maio de 2024    Informar erro
    Rio inicia aplicação da segunda dose da vacina da dengue

    Foto: Alexandre Macieira/Prefeitura


    A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia a aplicação da segunda dose da vacina contra a dengue, nesta quinta-feira (23/5), para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos.
     
    A vacina estará disponível em todas as 238 unidades de Atenção Primária do município a partir das 14h (confira a sua unidade de saúde de referência).
     
    De acordo com a orientação do Ministério da Saúde (MS), a segunda dose da vacina começa a ser aplicada em crianças e adolescentes que tomaram a primeira dose do imunizante há três meses, conforme data da dose inicial aplicada. A faixa etária da campanha foi selecionada pelo MS por apresentar maior risco de hospitalização pela doença.
     
    A campanha de vacinação contra a dengue para este público alvo começou no dia 23 de fevereiro, e, até o final da primeira etapa da campanha, aplicou mais de 130 mil doses do imunizante.
     
    A partir desta quinta-feira, crianças e adolescentes podem ir até uma unidade de saúde para completar o esquema vacinal, respeitando o intervalo de três meses da primeira dose, conferindo no seu comprovante vacinal a data marcada para a segunda dose.
     
    Vacinação contra a gripe volta às estações do Metrô
    Para receber a vacina, o menor de idade deve estar, preferencialmente, acompanhado de um responsável e apresentar documento de identidade e comprovante de vacinação, se disponível.
     
    A expectativa é que todas as crianças e adolescentes que tomaram a primeira dose do imunizante completem o esquema vacinal, inclusive aquelas que já tiveram dengue. Quem teve quadro recente da doença deve aguardar seis meses desde o início dos sintomas para receber a primeira dose da vacina, e 30 dias para aplicação da segunda dose (se o quadro de dengue foi após a aplicação da primeira dose).
     
    As contraindicações para o imunizante são para quem teve alergia grave a um dos componentes de uma vacina ou após uma dose anterior da mesma, indivíduos imunocomprometidos, indivíduos com infecção por HIV sintomática e gestantes ou em período de amamentação.
     
    A SMS reforça que a vacina contra a dengue é segura e eficaz e foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A campanha faz parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do governo federal, sendo o Brasil o primeiro país do mundo a incorporar o imunizante à rede pública de saúde.
     
    Fonte: Prefeitura do Rio


    • MAIS COISAS QUE PODEM TE INTERESSAR

      Inspirado em jardim de Singapura, Parque Realengo Susana Naspolini é inaugurado
      Saiba Mais
      Mangue destruído em desastre ambiental na Baía de Guanabara reabre despoluído como parque natural
      Saiba Mais
      Praia do Sossego é indicada pela quarta vez ao prêmio Bandeira Azul
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO