TURISMO >> Bairros

  • Fundado em 1920, bairro Grajaú é um cantinho do Rio de dar gosto

    Da Redação em 17 de Maio de 2020    Informar erro
    Grajaú, na Zona Norte do Rio, leva esse nome em homenagem à cidade homônima situada no Maranhão, terra natal do engenheiro Antônio Eugênio Richard, que planejou o bairro. Apesar da ocupação da região ter começado com os padres jesuítas no século XVI, seu formato atual foi traçado a partir de 1920 quando ganhou ruas e loteamentos com a canalização de vários córregos.
     
    O bairro ganhou fama com a construção em 1925 do Grajaú Tênis Clube, complexo social e esportivo que ficou conhecido em toda a cidade.
     
    Localizado no Vale dos Elefantes e próximo ao Pico do Papagaio, rapidamente virou o queridinho da classe média que então morava na vizinha Tijuca e Vila Isabel.
     
    Apesar de muitas casas terem dado vez a pequenos prédios de cinco andares, o bairro não escapou da especulação imobiliária com a construção de grandes edifícios.
     
    O xodó do bairro é a capela Nossa Senhora da Imaculada Conceição construída pelo italiano Francisco Tricarico.
     
    O Grajaú possui ruas arborizadas e tranquilas mantendo a característica de bairro residencial.
     
    O centro do Grajaú fica no Largo do Verdun, onde se encontram as principais casas comerciais do bairro, e na Praça Edmundo Rego, onde está situada a Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, com características bizantinas, existindo ali também um pequeno comércio local. Destaque para a variedade de bares e restaurantes com cardápio variado e de ótima qualidade.
     
    Dentro do bairro, localiza-se o Parque Estadual do Grajaú, criado em 1978 como uma reserva ambiental e posteriormente um parque em 2006. É um ótimo lugar para passar o fim de semana com a família, praticar alpinismo e manter o contato com a natureza, já que abriga diversas espécies de fauna e flora.
     
    Um cantinho do Rio de dar gosto! Palavra do Bafafá!
     
    Fonte: Wikipedia
     


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Gino Coppedè, autor do projeto do Castelinho do Flamengo, é nome de bairro em Roma com obras similares
      Saiba Mais
      Villiot, a casa sem janela em Copacabana, obra do italiano Antonio Virzi
      Saiba Mais
      Ex-prédios da Rádio Globo vão dar vez a residencial com amplo terraço e piscina de borda infinita
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Cláudio Lopes:
        Bairro que atualmente sofre com assaltos e tiroteios !

      • Comentário do post Valeria:
        Como e triste ver o descaso de politicos e orgaos reponsaveis pagos por impostos e abandonam o bairro em ruas esburacadas e dinheiro nao revertido da forma certa. O cancer da corrupcao tem cura, mas e preciso lutar contra um cartel que nao vive ai mas esta infiltrado em todos os orgaos. Amo o Grajau e vivi ai por 39 anos . Meu pai nasceu na casa onde cresci e desencarnou tambem ainda vivendo ai . Meu avo plantou as tamarineiras e defendiamos sempre que alguem tentava corta-las. Sinto saudades dos amigos e acho que e preciso se exigir mais destes ladroes que so roubam .

      • Comentário do post MJIRGE MARAVILHA:
        MEU ZAP 21 97123 0335 PRECISO CONTATO DO MEU AMIGO RICARDO GRATO

      • Comentário do post Mary Anne de Sousa feitosa:
        Parabéns ao bairro GRAJAÚ, bem como aos seus moradores.Lindas fotos, aparentemente muito aconchegante.Como maranhense, fico feliz ao saber que o mesmo foi planejado pelo engenheiro Antônio Eugênio Richard, da cidade de Grajaú no Maranhão.

      • Comentário do post Mary Anne:
        Desculpas, pelo erro na digitação. Não percebi os espaços.



    Banner Pets

DIVULGAÇÃO