TURISMO >> Bairros

  • Ressaca de 1913 alagou a orla e isolou o Palácio do Catete

    Da Redação em 10 de Junho de 2020    Informar erro
    Ressaca de 1913 alagou a orla e isolou o Palácio do Catete

    Há mais de 100 anos, em março de 1913, a Praia do Flamengo foi castigada pela maior ressaca registrada na Orla do Rio de Janeiro. Ondas de 10 metros adentraram a Baía da Guanabara e inundaram várias ruas chegando inclusive à Rua do Catete. O Palácio do Catete ficou ilhado e as pessoas só podiam passar em pequenos barcos. Famílias inteiras tiveram que abandonar suas casas. A então mureta chegou a ser totalmente destruída.
     
    O porão da casa onde a família de Marc Ferrez (1843 – 1921) morava, na Rua Dois de Dezembro – antiga rua Christovão Colombo - foi inundado destruindo boa parte da tiragem do Álbum da Avenida Central, um dos mais ambiciosos projetos da carreira do fotógrafo.
     
    As praias de Botafogo e da Saudade (onde é hoje o Iate Clube) também foram castigadas. A recuperação dos estragos foi feita na gestão do prefeito Pereira Passos.
     
     


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Antiga Estação Imperial em São Cristóvão: abandono e depósito de ambulantes
      Saiba Mais
      Igreja São José, inaugurada em 1842, um lugar de oração no Centro do Rio
      Saiba Mais
      Edifício Ipu, em estilo art déco, imita navio com escotilhas
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO