TURISMO >> Comer | Beber

  • La Fiorentina reabre em agosto com novos sócios

    Da Redação em 19 de Julho de 2021    Informar erro
    Quatro meses depois de fechar as portas por conta da pandemia da Covid-19, o tradicional restaurante La Fiorentina, no Leme, na Zona Sul do Rio, já tem data para voltar a funcionar. A casa, que tem todos os pratos com nomes de artistas e celebridades, reabre no próximo dia 10 de agosto.
     
    Reduto da boemia cultural do Rio, muito frequentado por artistas, intelectuais e turistas, o restaurante enfrentou dificuldades ao longo dos últimos anos. Ainda em 2020, o La Fiorentina ficou fechado por cinco meses durante o primeiro período de restrições de circulação para conter a proliferação do coronavírus.
     
    O fundador, e até então único dono do restaurante, Omar "Catito" Peres, decidiu reabrir a casa no final de 2020. Contudo, os prejuízos foram ficando insustentáveis.
     
    Ele disse que tentou trabalhar com delivery, mas o custo de manter o restaurante funcionando ficou salgado além da conta. Catito, então, decidiu encerrar o serviço. Demitiu os 25 funcionários - dez deles com mais de 20 anos de casa - pagou o salário de todos eles e se esforçou para quitar as indenizações.
    "Durante a pandemia, a gente tentou, ficou por seis meses aberto, mas com um prejuízo brutal. Literalmente, não tinha cliente.", disse Catito.
     
    Mas o empresário já imaginava que a situação não seria definitiva. Catito queria o Lá Fiorentina aberto novamente. A solução foi procurar novos investidores e apostar na retomada da economia, com o avanço da vacinação e o fim da pandemia.
     
    "Com essa melhora que estamos sentindo no mercado a gente decidiu reabrir. A Fiorentina não é só um restaurante. É uma referência cultural da cidade. É um local de encontro de artistas, intelectuais e do público que frequenta há gerações a Fiorentina. Esse público é muito fiel e eles vieram pedir pela reabertura", contou Catito.
     
    Fundador do restaurante, Catito encontrou uma dupla de sócios apaixonada pelo local e por tudo que representa o La Fiorentina para o Rio de Janeiro. A casa agora conta com a participação do empresário Delorme Lima e do produtor cultural Caio Bucker.
     
    "Temos a certeza da importância da Fiorentina como marca e como local carioca, aliado ao fato de que a pandemia está começando a dar sinais de sumiço e o mercado começa a se recuperar. Com certeza nós apostamos nisso. É a soma desses ingredientes. O nome, a tradição, a importância cultural da casa para a cidade, aliado a vacinação", disse Catito.
     
    "Isso nos dá a certeza de que estamos voltando no momento certo. E também vamos ajudar a cidade na recuperação dos seus valores", completou.
     
    Reconhecimento
    Há dois meses, o La Fiorentina foi incluído pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) na relação de bens imateriais da cidade e no Cadastro dos Negócios Tradicionais e Notáveis. Desde então, qualquer modificação no negócio precisa passar pelo aval do patrimônio.
     
    O decreto também permite que o município busque incentivos para conservação das características do ambiente e manutenção das atividades da casa.
     
    Esse foi o primeiro ato de reconhecimento público do local. A segunda medida ainda está em tramitação na Câmara de Vereadores do Rio.
     
    Fonte: G1

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Café Lamas: clássico do Rio em delivery para não deixar os clientes na saudade
      Saiba Mais
      Café da manhã no Villa25: delícias à beira da piscina
      Saiba Mais
      Botecotaco
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

    Banner Pets

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO









#AGENDABAFAFA