TURISMO >> Historias do Rio

  • Chafariz da Praça Monroe foi trazido da Áustria por Dom Pedro II em 1878

    Da Redação em 29 de Março de 2021    Informar erro
    O chafariz que hoje ocupa a Praça onde existia o Palácio Monroe, é o maior da cidade. Foi trazido da Áustria em 1878 por Dom Pedro II.

    Sua origem, contudo, é francesa. Foi esculpido por Louis Sauvageau, em 1861, seguindo o estilo do Barroco francês.

    Ao chegar ao Brasil, em 1878, ele foi colocado no Largo do Paço, atual Praça Quinze de Novembro.

    Na década de 1960 foi transferido para a Praça da Bandeira e quando o Monroe foi demolido ele foi colocado naquela praça.

    O Chafariz do Monroe impressiona por seu tamanho - tem mais de 10m de altura e pelos efeitos visuais das quedas d'água.
     
    No monumento podem ser vistas várias figuras decorativas, como anjos de mármore, estátuas sustentando taças, carrancas de tritões de longas barbas, guirlandas de flores.
     
    As esculturas dos quatro meninos que sustentam a bacia d’água simbolizam os quatro continentes: África, Europa, América e Ásia. (Não homenageia a Oceania). 

    Fonte: Rio de Janeiro que eu Amo

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.




    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Andréa:
        Maravilhoso, sem dúvida.Entretanto, semprective a curiosidade de qual o motivo para a demolição do Palácio Monroe. Fica aqui a sugestão da matéria e o agradecimento das pesquisas sobre a história é a arquitetura do nosso Rio de Janeiro. Parabéns!


CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO









#AGENDABAFAFA