TURISMO >> Histórias do Rio

  • Chaminé do século XIX com 20 metros de altura resiste ao tempo em meio a edifícios em Botafogo

    Da Redação em 03 de Maio de 2021    Informar erro
    Chaminé do século XIX com 20 metros de altura resiste ao tempo em meio a edifícios em Botafogo

    Mais uma curiosidade de nossa cidade. O bairro de Botafogo mantém intacta uma chaminé de tijolos que pertenceu a um antigo engenho açucareiro do século XIX. É cercada de edíficios, a cerca de quarenta metros do sopé do morro da Babilônia, numa pequena planície entre as ruas Xavier Sigaud e Lauro Müller.
     
    Do velho edifício não existem vestígios. A chaminé tem uma base de pedra, é feita de tijolos refratários e tem 20 metros de altura.
     
    Por dentro existe uma escada de ferro pela qual se pode subir até o topo. Para baixo, dizem que há uma entrada que da para um túnel misterioso que se bifurca depois de percorridos 10 metros. 
     
    O curioso é que é uma construção totalmente perdida no meio dos edifícios e não se sabe porque foi preservada.
     
    Fotos: O Globo e Vera Dias
     


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Inaugurado em 1872, Canal Campos-Macaé é o segundo canal artificial mais longo do mundo
      Saiba Mais
      1964, o ano da epidemia de "beijos" no carnaval carioca
      Saiba Mais
      Edifício Monte: um tesouro Art Déco de 1929 que encanta em Laranjeiras
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Frederico hermenegildo:
        Essa chaminé não é na Urca é em Botafogo, deram o nome de nova Urca às construções de Ramon e da Lauro para valorizar seus imóveis. A chaminé era de uma fábrica de açúcar que a fornalha era onde hoje está o 96 da Lauro. ET. a Urca só é até a Xavier.


DIVULGAÇÃO