TURISMO >> Histórias do Rio

  • Condomínio hoteleiro Quitandinha, projeto de Niemeyer que nunca saiu do papel

    Da Redação em 15 de Janeiro de 2024    Informar erro
    Condomínio hoteleiro Quitandinha, projeto de Niemeyer que nunca saiu do papel

    O complexo ficaria ao lado do Quitandinha e teria 5700 apartamentos. Fotos: Divulgação


    Que Niemeyer foi um gênio da arquitetura ninguém nega. Mas alguns projetos dele ficaram na gaveta sem que ninguém lamentasse por isso. Um deles, é o "Edifício Mauá", ao lado do Quitandinha, em Petrópolis, um espigão de 33 andares, com 400m de frente, 155m de altura e 5700 apartamentos.
     
    O Condomínio Hoteleiro Quitandinha seria um anexo moderno e mais sofisticado que o prédio principal, com apartamentos semi-duplex e de três tipos (A, B e C), todos mobiliados. Somente os do tipo A, maiores, voltam-se simultaneamente, para as duas fachadas.
     
    O complexo tinha  28 elevadores em quatro torres. No térreo, na sobreloja e sob a marquise do Edifício Mauá, estavam previstas diversas lojas e serviços, num total de 200 unidades.
     
    No terraço do último pavimento se localizariam: restaurante, solario e escola maternal, abrigados dos ventos por paredes de vidro.
     
    Sob a marquise também se instalaria um teatro subterrâneo, com lugar para 200 espectadores. O mural de Cândido Portinari ficaria localizado no hall do edifício. *1
     
    O projeto, de 1950, nunca saiu do papel apesar de Niemeyer ter sido pago. Arquitetos e urbanistas comemoram o complexo não ter sido construído por ser totalmente incoerente com a região e fechando até corredores de ar do bairro.


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Rio teve Praça de Touros na esquina da Rua Ipiranga com Rua das Laranjeiras
      Saiba Mais
      Presidente Itamar Franco e a modelo sem calcinha: 30 anos do escândalo na Passarela do Samba
      Saiba Mais
      Construída em tempo recorde, passarela do samba faz 40 anos com corpinho de 20
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO