TURISMO >> Histórias do Rio

  • Engov, remédio contra a ressaca, foi inventado pelo cientista Albert Sabin que doou a fórmula a um brasileiro

    Da Redação em 20 de Junho de 2022    Informar erro
    Ninguém faz ideia que o Engov, remédio contra a ressaca, teve sua fórmula inventada pelo cientista polonês Albert Sabin.Tudo começou em 1968 quando Sabin visitou o Rio de Janeiro.
     
    Ao participar de um passeio de veleiro do empresário farmaceútico Dirceu Fontoura (o mesmo do biotônico Fontoura), ele teria ficado impressionado com o grande consumo de álcool.
     
    O criador da vacina contra a poliomielite escreveu num guardanapo a fórmula do remédio e a presenteou a Fontoura. A recomendação de Sabin "Um antes e um depois" acabou virando slogan do Engov e enriqueceu ainda mais o empresário.
     
    A fórmula consista em juntar maleato de mepiramina, hidróxido de alumínio, ácido acetilsalicílico e cafeína. 
     
    Consta que para promover o medicamento, Fontoura oferecia pagava até R$ 3 mil cruzeiros para o ator que mencionasse o Engov na novela Beto Rockfeller, que ele não perdia por nada. Alguns chegavam a repetir o nome dezenas de vezes e recebiam uma "bolada" pelo Merchandising. 
     
    Sabin nasceu em uma família de judeus, em 1906, na cidade de Białystok, então parte da Rússia (atualmente na Polônia), e emigrou em 1921 para os Estados Unidos com sua família.
     
    Estudou medicina na Universidade de Nova Iorque e desenvolveu um intenso interesse em pesquisa, especialmente na área de doenças infecciosas.
     
    Em 1931, completou o doutorado em medicina. Passou uma temporada trabalhando em Londres em 1934, como representante do Conselho Americano de Pesquisas. De volta aos Estados Unidos, tornou-se pesquisador do Instituto Rockfeller de Pesquisas Médicas. Nesse instituto, demonstrou o crescimento do vírus da poliomielite em tecidos humanos.
     
    Sabin esteve várias vezes no Brasil, acompanhando pessoalmente o combate à poliomielite, tendo se casado em 1972 com a brasileira Heloisa Dunshee de Abranches. 
     
    Centenas de escolas, hospitais, clínicas e instituições brasileiras levam o seu nome. O cientista recebeu do governo brasileiro, em 1967, a Grã-Cruz do Mérito Nacional.
     
    Albert Sabin morreu de ataque cardíaco, aos 86 anos, em sua casa em Washington (EUA), em 1993.
     
     


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Campos tem farol projetado pelo renomado engenheiro francês Gustave Eiffel em 1877
      Saiba Mais
      Nelson Rodrigues e sua admiração por velórios e enterros
      Saiba Mais
      Plano Agache, nos anos 30, previa Centro futurista com praça monumental
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO