TURISMO >> Historias do Rio

  • Hotel dos Estrangeiros, construído em 1849, foi pioneiro na hotelaria carioca

    Da Redação em 26 de Abril de 2021    Informar erro
    Inaugurado em 1849 na Praça José de Alencar, entre as ruas Senador Vergueiro e Barão do Flamengo, o Hotel dos Estrangeiros era um dos mais sofisticados do Rio. Tinha 120 apartamentos e oferecia bonitas instalações, restaurante com menu especial para doentes com prescrição médica, lavanderia, duchas quentes e bilhares (sem acréscimo na diária), além de telefone nos quartos e serviço de chauffeur (carros com motoristas).
     
    Não é a toa que ele era referência em hospedagem e ponto de encontro de políticos e homens de negócios, principalmente estrangeiros de passagem pela cidade.
     
    O Hotel dos Estrangeiros foi palco do assassinato do senador Pinheiro Machado em 1915 com uma punhalada nas costas. O crime foi cometido por Francisco Manso de Paiva. O assassino declarou ter agido por conta própria, mas o acontecimento mudou o panorama político da época.
     
    O hotel durou mais de 80 anos e fechou as portas na década de 30. Em seu lugar foi construído o horrendo edifício Simon Bolivar então anunciado como "um dos mais imponentes edifícios residenciais da América do Sul". 
     

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.




    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

    banner jooble cultura

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA