TURISMO >> Histórias do Rio

  • Jorge Ben Jor, Rei do Sambalanço, é filho de mãe etíope

    Da Redação em 07 de Março de 2024    Informar erro
    Jorge Ben Jor, Rei do Sambalanço, é filho de mãe etíope

    O cantor Jorge Ben Jor, nascido em 22 de março de 1939, carioca de Madureira, mas criado no Rio Comprido, herdou o sobrenome da mãe, a etíope Silvia Saint Ben Lima. Ela veio para o Brasil da Etiópia aos 13 anos com seu avô fugindo de guerras. A Etiópia é a segunda nação mais populosa da África e a décima maior em área do mundo.
     
    O pai era o estivador e feirante Augusto Menezes, que por sua vez era contra a sua carreira artística. Graças à mâe, aos 18 anos, ganhou um violão e começou a se apresentar em festas e boates. Seu primeiro disco, "Samba Esquema Novo", foi gravado em 1963.
     
    Vulgo "Zé Pretinho", tinha o nome artístico de Jorge Ben que mudou para Jorge Ben Jor em 1989. Na época, foi especulado que a mudança teria sido provocada pela numerologia, mas o mais plausível é que tenha ocorrido para evitar confusões com o músico americano George Benson, pois Jorge Ben estava começando a se tornar muito conhecido nos Estados Unidos na época.
     
    Curiosamente, o Rei do Sambalanço brasileiro queria ser jogador de futebol e chegou a integrar o time infanto-juvenil do Flamengo.
     
    Sua introdução na música na verdade começou aos 13 anos quando tocava pandeiro e cantava no coro da igreja.
     
    Seu estilo é eclético e inclui rock and roll, samba, samba rock, bossa nova, jazz, maracatu, funk, ska e até mesmo hip hop. Outras influências incluem o baião de Luiz Gonzaga e o rock de Little Richard.
     
    Jorge Ben é violonista, pandeirista, guitarrista, percussionista, cantor e compositor. Em 2008 a revista Rolling Stone Brasil o nomeou como o 5º maior artista da história da música brasileira.
     
    Fonte: Wikipedia
     
    Leia mais:


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Sarah Bernhardt, a atriz que conquistou o mundo e viveu um drama no Rio de Janeiro
      Saiba Mais
      Levantamento aponta as gírias mais odiadas pelos cariocas, confira
      Saiba Mais
      Presidente Vargas, um edifício emblemático na Praça São Salvador
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO