TURISMO >> Histórias do Rio

  • Rio teve linha regular de helicóptero até o Hotel Quitandinha em Petrópolis

    Da Redação em 13 de Maio de 2022    Informar erro
    Gastando apenas 20 minutos do Rio até o hotel Quitandinha em Petrópolis, voos de helicóptero viraram febre entre maio e agosto de 1962. Não é a toa que Joaquim Rolla, dono do Quitandinha criou uma linha regular com oito aeronaves atuando diariamente.
     
    O helicóptero da foto, então maior do mundo com capacidade para 40 passageiros, foi alugado dos soviéticos diante da falta de aparelhos no Brasil. Este serviu inclusive a rota Rio-Teresópolis criada na mesma época.
     
    Considerado um dos principais cartões-postais do estado do Rio de Janeiro, o Palácio Quitandinha foi inaugurado em 1944 para ser o maior cassino-hotel da América Latina. O espaço faz referência ao estilo neo-normando, tendência dos grandes cassinos europeus da época, sendo decorado com inspiração nos cenários hollywoodianos.
     
    A construção apresenta aspectos arquitetônicos, decorativos, técnicos e funcionais expressivos para a época. Apresentaram-se no Quitandinha importantes atrações artísticas nacionais e estrangeiras, como Walt Disney, Errol Flynn, Marlene Dietrich, Orson Wells, Lana Turner, Henry Fonda, Juan Domingos Perón e Evita, Emilinha Borba, Grande Otelo, entre outros.


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Botafogo teve barcos a vapor ligando o Centro a partir de 1843
      Saiba Mais
      Bofetada, o bar que marcou época em Ipanema
      Saiba Mais
      Destruído por um incêndio em 1998, aeroporto Santos Dumont reabria seis meses depois
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Captain Moacir:
        Muito interessante essa matéria, importante para a história da aviação no Brasil. Parabéns e obrigado!!


DIVULGAÇÃO