TURISMO >> Roteiros

  • Ruínas da antiga Ponte Seca, um atrativo de Sumidouro, no interior do Rio

    Da Redação em 11 de Junho de 2021    Informar erro
    Construída por escravos, a Ponte Seca foi inaugurada em 1888 e fazia parte do ramal da Estrada de Ferro Leopoldina, partindo de Porto Novo do Cunha em direção à Nova Friburgo passando por Sumidouro até encontrar-se com o ramal de Cantagalo na Estação de Conselheiro Paulino. 
     
    No local, restam nove grandes pilares em blocos de pedras com cerca de quatro metros de largura e seis de comprimento que sustentavam os trilhos.
     
    Historicamente, a economia da localidade se restringiu às culturas do café, milho, feijão, batata e outros, com emprego de escravos. Mesmo com a abolição da escravatura, em 1888, a economia local ainda manteve o crescimento por algum tempo e em 10 de junho de 1890, ocorreu a elevação a vila e criação de novo município, já com o nome de "Sumidouro".
     
    Na primeira metade do século XX, a economia não se desenvolveu muito, dada a precariedade dos meios de transporte e de comunicação. A despeito dessa relativa estagnação, a sede do município foi elevada a cidade em 27 de dezembro de 1929.
     
    O município recebeu essa denominação porque as águas do Rio Paquequer, que correm quase sempre na superfície, "desaparecem" abruptamente em um determinado ponto do seu curso. De fato, as águas adentram canais abertos no interior de um bloco calcário (sumidouros), e o Paquequer passa a drenar subterraneamente, ou seja, deixa de ser um rio superficial e passa a ser, nesse trecho, um rio subterrâneo - voltando à superfície (ressurgência) alguns metros a jusante.
     
    Sumidouro é considerado o terceiro melhor lugar do país para a prática do parapente, além de existir grupos que praticam canoagem, rapel, ciclismo e motocross. Uma grande atração na região é a Cascata Conde D'Eu, a maior queda d'água do estado do Rio de Janeiro, com seus 127 metros.

    O município fica a 89 km do Rio de Janeiro. Ele comemorou 130 anos no dia 10 de junho de 2021.
     
    Fotos:  Diego Chermaut Emmerich
    Fonte: Turismo RJ 

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.




    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

    Banner Pets

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO









#AGENDABAFAFA