ARTE E CULTURA >> Cinema

  • 18ª Mostra do Filme Livre no CCBB

    Da Redação em 02 de Junho de 2019    Informar erro
    Local: Centro Cultural Banco do Brasil
    ENDEREÇO: Rua Primeiro de Março, 66 - Centro
    CONTATO: (21) 3808-2007
    DETALHES: De 08/05 a 03/06/19 | Entrada gratuita - os ingressos serão distribuídos a partir de uma hora antes de cada sessão
    LINK: Clique aqui e visite o site
    Conhecida por evidenciar a produção independente, a Mostra do Filme Livre traz filmes feitos sem verbas públicas ou sem grandes patrocínios e de viés autoral, além de ser a pioneira na exibição de filmes de diferentes formatos, gêneros, durações e épocas.
     
    Este ano a Mostra do Filme Livre exibirá 155 filmes de diferentes partes do país.  Além da exibição dos filmes de novos realizadores, a mostra destaca as homenagens ao cineasta mineiro Sylvio Lanna e ao jornalista e superoitista pernambucano Geneton Moraes Neto, com exibições de seus filmes e debates sobre a obra destes dois mestres do audiovisual.
     
    A MFL também fará a sessão Especial Júlio Bressane, exibindo seus dois trabalhos mais recentes: “Sedução da Carne” e “Nietzsche Sils Maria”. A MFL 2019 é dedicada às memórias de Geneton Moraes Neto (1956/2016), Geraldo Veloso (1944/2018) e Ricardo Boechat (1952/2019).
     
    Os pequenos também terão seu espaço com a Mostrinha Livre: sessões especiais com exibição de curtas infantis, alguns feitos por crianças - os alunos do Instituto Marlin Azul, do ES, que participam todos os anos com filmes cada vez mais interessantes e bem feitos, este ano têm 3 curtas dentro da Mostra. 
     
    A curadoria da MFL, formada por Gabriel Sanna, Diego Franco, Scheilla Franca e Guilherme Whitaker (mais conhecido como GuiWhi, também criador do evento), trabalhou ininterruptamente por três meses na escolha e programação dos filmes para que a mostra garanta a potência e qualidade das edições anteriores.
     
    Christian Caselli, Gustavo Jahn, Ana Farache e Paulo Cunha fizeram curadorias especiais.  A MFL 2019 recebeu 773 filmes - destes, 134 tiveram algum apoio estatal e 254 são de escolas de cinema.
     
    Já 550 dos filmes são inéditos no RJ. São Paulo foi o estado que mais inscreveu filmes, 185, seguido do RJ, com 180 e MG com 73.
     
    Homenagem a Sylvio Lanna - Mineiro de Ponte Nova, Sylvio Lanna entrou para a história da cinematografia brasileira e mundial em 1970, quando finalizou seu primeiro e único longa: “Sagrada Família”. Considerado um marco do “Cinema Marginal”, o filme é um radical experimento narrativo e técnico, com uma desconstrução sonora poucas vezes vista em película.
     
    Embora tenha vivido um grande hiato cinematográfico desde então, Sylvio quer deixar a fama de artista bissexto e acaba de realizar duas novas produções: o média “? In Memoriam – O Roteiro do Gravador” e o curta “Um Cinema Caligráfico” estreiam dentro da MFL.  E mais: a raridade “Malandro, Termo Civilizado (ou Malandrando)”, média realizado em 1986 com participações de Moreira da Silva, Wilson Grey e Luís Melodia, que é praticamente inédito em tela grande.
     
    Homenagem a Geneton Moraes Neto - Jornalista e cineasta pernambucano começou a realizar curtas experimentais por incentivo e influência do crítico Fernando Spencer no início dos anos 70, período que coincide com a popularização do super-8 sonoro, permitindo um cinema com total liberdade e pouquíssimos recursos. A filmografia de Geneton possui mais de uma dezena de curtas, documentários, ensaios e manifestos audiovisuais realizados em paralelo ao seu trabalho jornalístico, como um grito e uma resposta poética aos tempos de temperatura sufocante e ar irrespirável, incrivelmente semelhantes aos dias atuais. 
     
    Ana Farache e Paulo Cunha apresentam as sessões e participam de um debate com mediação do curador da mostra Chico Serra.
     
    Especial Júlio Bressane - Júlio Bressane, um dos pilares fundamentais de nosso cinema autoral, é convidado especial desta edição da Mostra do Filme Livre. É com imenso prazer que iremos exibir seus dois trabalhos mais recentes: Sedução da Carne e Nietzsche Sils Maria (esse último em parceria com Rosa Dias e Rodrigo Lima).
     
    Para além do peso histórico de sua obra, é interessante notar sua capacidade de se reinventar e reinventar o cinema a cada novo filme, sem medo de experimentar novas possibilidades de linguagem e sobretudo sem se prender a fórmulas engessadas recorrentes em autores com obras tão extensas e reconhecidas. Muito longe de se acomodar com o próprio legado ele demonstra coragem pra tornar cada um de seus filmes único, sem perder a assinatura inconfundível de seu olhar tão singular e criativo para o mundo.
     
    Especial DISTRUKTUR - Movendo-se através das fronteiras entre arte e cinema, experimental e narrativo, fotografia e imagem em movimento, Melissa Dullius e Gustavo Jahn exploram diferentes níveis da experiência sensorial e intelectual. Desestabilizam as noções do real e do imaginário ao mesmo tempo em que fundem as camadas de passado, presente e futuro. Deslocamento e transposição acontecem aqui como estratégias para produzir transformações, e as narrativas instáveis a que dão vazão sugerem que há muitas outras maneiras de comunicação além das normalmente conhecidas. Mais em  http://distruktur.com/about/
     
    Premiação - Este ano a premiação terá três recortes: Os Panoramas Livres, com os melhores curtas e médias; os Longas Livres, com os melhores longas; e os Territórios, com curtas, médias e longas que tratam sobre questões relativas ao uso da terra, urbanidades e migrações. Em cada cidade um júri diferente vai definir o melhor filme e os premiados serão convidados a exibirem e debaterem seus filmes nas sessões de encerramento. 
     
    No Rio de Janeiro o júri, da Revista Beira ( https://medium.com/revista-beira) vai definir o melhor filme dos 5 longas das sessões Longas Livres.
     
    MOSTRAS COMPETITIVAS
     
    6 sessões Panoramas Livres – exibição dos 20 principais curtas e médias.
    5 sessões Longas Livres = COMPETITIVA NO RJ – exibição dos principais longas.
    5 sessões Territórios – exibição de filmes sobre questões relativas ao uso da terra, urbanidades e migrações.
     
    MOSTRAS NÃO COMPETITIVAS
     
    - Especial Bressane = Exibição de dois novos filmes de Júlio Bressane.
    - 4 Sessões Autorias = com filmes de realizadores que possuem trajetória marcada pela inventividade e inquietação com as possibilidades da linguagem cinematográfica.
    - 2 Sessões Mundo Livre = exibição dos filmes feitos fora do Brasil por brasileiros, feitos em condições distintas, onde o estranhamento com o espaço filmado interfere diretamente na linguagem.
    - 4 Sessões Questão de Gêneros = exibição de filmes de diversos gêneros, da comédia ao terror.
    - 7 Sessões Biografemas = filmes sobre inventores peculiares das mais diversas áreas e naturezas. Mais do que experimentos de linguagem cinematográfica, o programa se debruça sobre a potência explosiva dos artistas retratados, por vezes de forma naturalista, onde a grande força de cada filme reside não apenas em sua inventividade, mas sobretudo na forma como dão a ver suas personagens.
    - 1 Sessão Pílulas = exibição de 12 filmes com até 5 minutos
    - 1 Sessão Caminhos = exibição de 4 filmes de estudantes
    - Mostrinha Livre = 2 sessões de 30min com exibição de curtas infantis, alguns feitos por crianças. Sempre aos finais de semana às 14h.
    - Curta Rio = Sessões com filmes feitos nas cidades em que a MFL acontece.
    - 1 Sessão Coisas nossas = exibição de filmes feitos pela produção e curadoria da MFL
    - 10 Cabines Livres = exibição dos videoartes e filmes não narrativos passando em loop.
     
    Programação completa AQUI
     
    Foto: Meu melhor amigo

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Mostra de Filmes da Austrália no CCBB
      Saiba Mais
      Festival Internacional Pequeno Cineasta
      Saiba Mais
      Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA