ARTE E CULTURA >> Cinema

  • Festival Internacional do Documentário Musical terá 60 filmes nacionais e internacionais inéditos

    Da Redação em 01 de Setembro de 2020    Informar erro
    Local: 12° In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical
    LINK: Clique aqui e visite o site
    O 12° In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical abre no dia 9/09 e vai 20/09. Com mais de 60 filmes nacionais e internacionais inéditos no circuito comercial, o evento será pela primeira vez online com acesso em todo território nacional. 
     
    No Panorama Brasileiro, o festival apresenta títulos com personagens como Dorival Caymmi, Pitty, Arto Lindsay, a escola de Samba Mangueira, Mestre Cupijó, banda Flicts, Quebradeiras de Coco Babaçu, Felipe Cordeiro, Walter Smetak, Autoramas,  Amaro Freitas, Elton Medeiros, Porfírio do Amaral (foto) o compositor e violonista, o Garoto, entre outros.
     
    Já na programação internacional, foram selecionados 22 filmes inéditos em circuitos comerciais. Entre os destaques estão  "The Quiet One", com Bill Wyman, baixista original dos Rolling Stones; "White Riot", sobre o movimento Rock Against Racism que teve apoio de bandas como The Clash, Sham 69, Steel Pulse,  "My Darling Vivian", onde as filhas do primeiro casamento de Johnny Cash decidem contar sua versão após o sucesso do filme “Johnny e June”;  "Aznavour by Charles", de Marc di Domenico, com imagens feitas pelo cantor através de uma câmera bolex que ganhou de presente de Edith Piaf, etc.
     
    O Festival ainda traz a a  Mostra Portugal com uma seleção de documentários musicais recentes mais destacados do país e a estreia nacional da biopic "Variações", de João Maria, sobre  a história de Antônio Variações. O evento  também promove uma Masterclass com o cultuado diretor inglês Julien Temple mediada pelo jornalista André Barcinski e uma série de shows especiais com Autoramas, Felipe Cordeiro e Flicts, realizados no Espaço Som (SP), sem plateia, com transmissão ao vivo e gratuita em todo o Brasil. 

    Toda programação poderá ser acessada pela plataforma do festival in-edit-brasil.com e também através de plataformas parceiras (Sesc Digital e Spcine Play), a R$ 3,00 e gratuitamente. Toda a receita arrecadada pelo festival será destinada a trabalhadores da música e do cinema afetados pela pandemia, através do projeto independente Conexão Música e do FAPAN - Fundo.de Amparo aos Profissionais do Audiovisual Negro, gerido pela APAN (Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro).  

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Mostra Mulheres em Cena no CCBB
      Saiba Mais
      Anima Mundi 2017
      Saiba Mais
      Mostra de Filmes da Austrália no CCBB
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA