ARTE E CULTURA >> Dança

  • Cia equatoriana de dança TALVEZ apresenta espetáculo, performance e oficina com entrada gratuita

    Da Redação em 15 de Junho de 2024    Informar erro
    Cia equatoriana de dança TALVEZ apresenta espetáculo, performance e oficina com entrada gratuita

    Com 15 anos de trajetória, a companhia equatoriana de dança TALVEZ faz a sua estreia no Brasil, com a promessa de instigar o público a participar ativamente de suas atividades entre 26 e 30 de junho.
     
    A proposta do grupo, dirigido pela coreógrafa Marcela Correa, é explorar as linguagens da improvisação a partir de obras que buscam construir plataformas interativas multidisciplinares com os espectadores, que se envolvem emocionalmente e sensorialmente com as criações.
     
    Nesta temporada carioca, a Cia TALVEZ vai apresentar o espetáculo “Ouroboros” (29 e 30/06), a desmontagem crítica de “Ouroboros” (26/06), a performance itinerante "Do trajeto ao ato: aparições instantâneas" (27/06) e vai oferecer a oficina Escuta Corporal para Improvisação Cênica (27/06). Todas as atividades são gratuitas.
     
    A programação inaugura o novo projeto do selo artístico Celeiro Moebius, o Encruzilhadas Latinoamericanas, que propõe um intercâmbio de artistas da dança, da performance e do teatro que tenham uma implicação ética-estética-política com a produção artística na América Latina. A iniciativa do selo tem concepção e direção da bailarina, coreógrafa e pesquisadora-docente das artes cênicas Aline Bernardi, que deseja fomentar uma rede de troca de saberes, fortalecendo os cruzamentos e os encontros entre artistas latino-americanas/os. 
     
    Ouroboros
     
    Ouroboros questiona a aparentemente interminável busca humana por fazer/produzir/progredir/projetar/criar atos em que cada um de seus indivíduos parece se envolver vorazmente e sem reflexão. 
     
    Em Ouroboros, há uma paisagem em círculo contínuo: intérpretes/performers repetem um caminho que não leva a lugar algum, desenhando um círculo sem fim. O público é convidado a se virar na direção oposta à das/os artistas, se envolvendo, de forma perceptível e imperceptível, com o ritmo, as ações e os sentimentos das/os intérpretes. 
     
    Performance itinerante "Do trajeto ao ato: aparições instantâneas"
     
    Através de um passeio pela cidade, as/os intérpretes inventam ações momentâneas que dialogam com a arquitetura, buscando outras formas de viver o simples e o belo de uma paisagem urbana. São jogos que abrem a possibilidade de conexão, alegria e poesia no cotidiano de seus habitantes.
     
    Oficina Escuta Corporal para Improvisação Cênica
     
    O trabalho de improvisação nas artes cênicas requer um conhecimento e uma escuta múltipla: pessoal, com os outros no palco e com o espaço. A oficina começa com a atenção à caixa pélvica como o centro de força e ação do movimento e como um recipiente de consciência interior. 
     
    Cia TALVEZ
     
    Fundada em 2008 pela coreógrafa e professora Marcela Correa, a Cia TALVEZ é uma companhia de dança contemporânea, criada em Quito (Equador), e dedicada a explorar as linguagens da improvisação. Suas obras buscam construir plataformas interativas e multidisciplinares com o público, propondo responsabilidades e direitos que lhe permitam ser uma entidade ativa emocionalmente. O grupo tem mais de 10 espetáculos no currículo, apresentados no Equador e no exterior. Sediada na Universidad San Francisco de Quito, a Cia TALVEZ investiga aspectos sensoriais do corpo, e como as reações corporais, sobressaltos e intuições se distanciam da atenção ditada exclusivamente pelo pensamento lógico. É a primeira visita do grupo ao Brasil.
    Ficha técnica de “Ouroboros”:
    Direção: Marcela Correa
    Codireção artística e intérprete: Juan Fernando León
    Cocriadores e intérpretes: Vanessa Torres, Estefanía Silva,
    Clara Polo e Miguel Palacios
    Direção de Produção: Pablo Molina Suárez e Marcela Correa
    Direção Musical e Iluminação: Daniel Mena
    Produção (Equador): Vanessa Torres
    Produção (Brasil): Aline Bernardi
    Figurino: Sara Molina, Marcela Correa
    Confecção de objetos cênicos: María José Terán e Daniel Mena
    Design gráfico: Verónica Santillán (EC) e Emerson Ferreira (BR)
    Fotografia: Juan Pablo Viteri
    Operador de som: Daniel Mena
    Operador de luz: Cristiano Teodoro
    Desmontagem crítica do espetáculo Ouroboros
    Dentro da disciplina "Corpo, dança e cultura" do PPGDan - Programa de Pós-graduação em Dança da UFRJ, em parceria com a Profa. Dra. Carol Natal
    Dia e horário: 26 de junho (quarta-feira), das 9h às 12h
    UFRJ - Campus Fundão: CCMN - Auditório Cema (Av. Athos da Silveira Ramos, 274, Bloco F).
    Formulário de inscrição: https://forms.gle/fHeXG6qkAZCVXXyV9
    Classificação etária: 16 anos
     
    Oficina Escuta Corporal para Improvisação Cênica
    Dia e horário: 27 de junho (quinta-feira), das 10h às 13h
    Centro Coreográfico da cidade do Rio de Janeiro / Estúdio 1: R. José Higino, 115 – Tijuca
    Formulário de inscrição: https://forms.gle/ywySRC4y3kXhE46V9
    Classificação etária: 16 anos
     
    Performance itinerante "Do trajeto ao ato: aparições instantâneas"
    Dia e horário:  27 de junho (quinta-feira), das 16h às 17h
    Ponto de encontro para o início: porta do Forte de Copacabana, às 15h45
    Classificação etária: livre
     
    Apresentação do espetáculo Ouroboros
    Dias e horários: 29 e 30 de junho (sábado e domingo). Sábado, às 19h, e domingo, às 18h - Ingressos: gratuitos
    Teatro Angel Vianna - Centro Coreográfico da cidade do Rio de Janeiro: José Higino, 115 – Tijuca
    Link de ingressos para sábado: https://riocultura.eleventickets.com/#!/apresentacao/463edb24410579ce3acbb901e4145c1c1bf40a6a
    Link de ingressos para domingo: https://riocultura.eleventickets.com/#!/apresentacao/c8e9f5ece712b624464061468337928b794ad6bc
    Duração: 45 minutos
    Classificação etária: 16 anos
     
    Informações e Inscrições no Instagram: @celeiromoebius


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Grupo Sats faz temporada gratuita do espetáculo de dança “Lugar para Guardar Animais”
      Saiba Mais
      Dança Charme ganha primeiro curso de capacitação profissional
      Saiba Mais
      Encontro da Dança – Cias e Coreógrafos no Teatro Prudential
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

DIVULGAÇÃO