ARTE E CULTURA >> Teatro

  • Sacco e Vanzetti

    Da Redação em 30 de Maio de 2016    Informar erro
    Local: Armazém da Utopia
    ENDEREÇO: Orla Prefeito Luiz Paulo Conde - Armazém 6 - Centro
    DETALHES:

    De 3 de junho até 3 de julho de 2016. sextas 20h, sábados e domingos 19h.

    LINK: Clique aqui e visite o site
    A Companhia Ensaio Aberto reestreia o espetáculo Sacco e Vanzetti, do argentino Maurício Kartun, primeira montagem brasileira do texto. O espetáculo que reestreia dia 03 de junho, no Armazém da Utopia, foi a primeira grande criação do grupo para o espaço, ocupado há 5 anos pela Companhia. Após realizar uma temporada bem sucedida, representou o Brasil na Quadrienal de Braga em 2015 e recebeu indicações ao Prêmio Shell (trilha original) e Prêmio Questão de Crítica (Cenografia), o espetáculo integra o repertório da Companhia Ensaio Aberto ao lado de outras produções como Missa dos Quilombos, Havana Café e Estação Terminal.

    Sob direção de Luiz Fernando Lobo e espaço cenográfico de J.C. Serroni, a encenação parte do célebre caso de Nicola Sacco e Bartolomeu Vanzetti, sapateiro e peixeiro, imigrantes italianos, acusados e condenados injustamente por assassinato, em 1921, e mortos na cadeira elétrica em 1927, nos Estados Unidos.   

    A dramaturgia tem como ponto de partida o texto Sacco y Vanzetti de Mauricio Kartun e da farta documentação que existe sobre o julgamento histórico. Este foi considerado o “julgamento do século”.

    e suscitou uma enorme repulsa e uma campanha internacional de defesa que se converteu em símbolo de uma luta por justiça, igualdade e liberdade.

    “O caso Sacco e Vanzetti revelou toda a anatomia de vida nos Estados Unidos, com todas as classes e pontos de vista e todas as suas relações, isso colocou todo questionamento fundamental de nosso sistema político e social.” disse Edmundo Wilson.

    Nas décadas que se seguiram desde que Sacco e Vanzetti morreram na cadeira elétrica, o caso continuou ressoando. Em diversas etapas da história serviu para saber que a natureza da repressão e da luta seguem, em essência, sendo a mesma.

    Temor vermelho, temor amarelo, temor muçulmano. Judeus, árabes, italianos, orientais, muçulmanos. Demonizar o outro e criar um clima propício para a perseguição. Terrorismo como política de Estado. No lugar do Estado garantidor de direitos, o Estado violador de direitos. Dois homens que se definiam a si mesmos como sendo “um bom sapateiro e um pobre vendedor ambulante de peixe”, que morreram pelas suas crenças. A crença de que podiam criar um mundo livre de pobreza e exploração. A crença de que um outro mundo é possível.

    A Ensaio Aberto e o Armazém da Utopia

    Ensaio Aberto ocupa desde 2010 o Armazém da Utopia, no Cais do Porto do Rio de Janeiro. Neste período mais de 400.000 pessoas frequentaram nosso Armazém, realizando, de fato, a revitalização da região, com um projeto de democratização de acesso aos bens culturais para as classes populares.

    “Não por acaso escolhemos Sacco e Vanzetti para ser nossa primeira criação a ser realizada na nossa nova sede”, diz o diretor Luiz Fernando Lobo.

    Nos 7 anos que Sacco e Vanzetti permaneceram presos, nos Estados Unidos, a classe operária brasileira se manteve totalmente solidária, com a realização de diversos atos em várias cidades brasileiras.

    No Rio de Janeiro os portuários e os operários têxteis sempre estiveram à frente destas mobilizações, realizando atos e greves. Um dos atos públicos aconteceu nas escadarias do Theatro Municipal, reunindo mais de 5 mil manifestantes. A polícia dispersou os manifestantes com golpes de sabre e a cavalaria. Apesar da forte repressão policial o movimento não arrefeceu e, a cada ano, mobilizou mais pessoas.

    Durante uma greve no Rio de Janeiro o portuário José Leandro foi preso, quando a categoria lutava pela jornada de 8 horas de trabalho e a polícia, seguindo o exemplo da polícia americana, esperava que sua prisão fosse um exemplo para deter o movimento operário.


    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.


    • ARTE E CULTURA QUE PODEM TE INTERESSAR

      Sucesso, comédia de Leandro Muniz
      Saiba Mais
      Afeta-me ou desaparecerei com o tempo
      Saiba Mais
      Um sonho para Méliès
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO










#AGENDABAFAFA