MAIS COISAS >>

  • ​Pratinha, da nova geração do samba, corre atrás do voto como sucessor de Eliomar Coelho

    Da Redação em 08 de Setembro de 2022    Informar erro
    ​Pratinha, da nova geração do samba, corre atrás do voto como sucessor de Eliomar Coelho

    Pratinha tocou com as principais rodas de samba e blocos de carnaval do Rio, entre eles, os Escravos da Mauá e o Simpatia É Quase Amor.


    O jornalista, violonista e cavaquinhista Tiago Prata, 34 anos, é um dos músicos mais respeitados da nova geração do samba. Conhecido como Pratinha, ele já tocou com as principais rodas de samba e blocos de carnaval do Rio, entre eles, os Escravos da Mauá e o Simpatia É Quase Amor.
     
    Filho do cavaquinhista e pesquisador Sérgio Prata e da pesquisadora da Fiocruz Cristiane Schuch, Pratinha tomou muito cedo o gosto pela política e nos últimos 13 anos assessorou o atual candidato ao governo do estado RJ Marcelo Freixo e o deputado em fim de mandato Eliomar Coelho.
     
    Por ser uma pessoa onipresente e ser vista em vários lugares no mesmo dia, é chamado de “Sady” dos anos 20, em referência ao jornalista e atual secretário de cultura de Maricá Sady Bianchin, que nos anos 90 tinha também tinha o poder da multiplicação.
     
    Ironias a parte, Pratinha é só disposição. Tanto que resolveu se candidatar a deputado estadual, como sucessor do combativo Eliomar Coelho, que está se aposentando.
     
    Ele conta que quer ser deputado para garantir que existam leis permanentes de apoio à cultura no Rio de Janeiro, como a Lei Aldir Blanc no plano federal.
     
    “Vou defender a cultura de rua, dos bares, dos encontros e rodas que geram emprego e renda. Também quero implementar políticas emergenciais de combate à fome e lutar por um transporte de qualidade”, assegura o candidato.
     
    Ele conta que após as eleições de 2018, quando Eliomar foi muito bem votado e se reelegeu para deputado estadual, ele o escolheu para ser o seu sucessor.
     
    “No primeiro momento, confesso que tive alguma dificuldade em aceitar, mas, com o passar do tempo, fomos, juntos, construindo essa candidatura que vem para seguir a trajetória política do Eliomar”.
     
    Se depender dos admiradores, Pratinha está eleito.
     
    A gestora cultural e música Eliane Costa, uma das fundadoras do Bloco Escravos da Mauá, só tem elogios.
     
    “Sou suspeita pra falar do Pratinha. Sou amiga de sua mãe desde criança e foi junto com seu pai, cavaquinhista, que fui comprar meu cavaco, nos anos 70. Tiago sempre fez tudo com muita paixão e determinação. Do cavaco à política, passando pelo violão de 7 cordas. Tocou pela 1ª vez em público no Escravos da Mauá, desde sempre entendendo que fazer música na cidade, na rua, no espaço público, é um ato político”, declara.
     
    Outra que se derrete por Pratinha é a jornalista Graça Lago, filha do ator Mário Lago.
     
    “Conheço Pratinha desde não sei quando. Conheci, acho, que no Bip-Bip, certamente, foi em alguma roda de samba em que ele pontuava ainda moleque, mas já com absoluta seriedade. E ele tem sido assim, com arte, muita alegria e militância da maior seriedade”.
     
    “Pratinha merece ser eleito. O Estado precisa dele por sua garra, competência, honestidade e larga experiência como assessor parlamentar de gente da mais alta qualidade”, assegura o músico Luís Filipe de Lima, outro exímio violonista de 7 cordas com voto declarado a Pratinha.
     
    Tiago Prata disputa pelo PSB com o nº 40013


    • MAIS COISAS QUE PODEM TE INTERESSAR

      Rio sedia em março a 8ª edição do Science20, evento científico mundial
      Saiba Mais
      Maricá ganha Centro de Comércio Popular com 114 boxes para trabalhadores informais
      Saiba Mais
      Sebastião Salgado anuncia aposentadoria, renomado fotógrafo vai cuidar do acervo
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Alzira Madeira:
        Eu sou insuspeita, pois não conhecia o Pratinha antes da Pandemia, quando ele ajudou a preencher o vazio quarentenado de cultura, música, entretenimento e diversão nas lives do Bip Bip no Instagram. Aos poucos fui sabendo mais sobre ele, e cada detalhe a mais sobre sua vida foi aumentando minha admiração ao agora candidato. Eu não sabia, por exemplo, que era assessor de Freixo e Eliomar. Já votei em Freixo e o Eliomar foi meu candidato por algumas décadas. Vou votar convicta em Pratinha, a expectativa é a melhor possível.

      • Comentário do post Maria da c. l. corujo corujo:
        Estive sempre com o Eleomar. Agora é Pratinha, menino de ouro.

      • Comentário do post Rafael:
        Pratinha representa a essência da cultura carioca, do samba/choro, e das infelizes mazelas (muitas) q precisam de solução. Conhece a ALERJ, e saberá construir consensos pro estado do RJ.


DIVULGAÇÃO