TURISMO >> Historias do Rio

  • Pão de Açúcar chegou a ser cotado para a construção do Cristo Redentor

    Da Redação em 27 de Maio de 2021    Informar erro
    A construção do Cristo Redentor começou a ser planejada em 1921 e inicialmente chegou a ser pensado dele ficar no topo do Pão de Açúcar. A vontade de integrar a obra à natureza, porém, favoreceu o morro do Corcovado, cercado de Mata Atlântica.
     
    O projeto foi escolhido a partir de um concurso nacional vencido por Heitor da Silva Costa e a verba arrecadada numa campanha nacional junto aos fiéis católicos. Custou o equivalente a US$ 3 milhões. 
     
    A escultura foi feita na França pelo escultor francês Paul Landowski – pois acreditava-se, na época, que profissionais brasileiros não teriam experiência para executar a obra. A estrutura foi feita em concreto armado com uma altura de 30 metros. 
     
    A estátua foi trazida para o Brasil em pedaços. Só a cabeça era composta por 50 peças e cada uma das mãos media 3,2 metros de comprimento. Para levar esses objetos gigantes ao alto do Corcovado, foi usado o trem do Corcovado. O revestimento foi feito com pastilhas de pedra-sabão, material resistente às variações de temperaturas. 
     
    A cerimônia de inauguração da estátua, em dia 12 de outubro de 1931, contou com a presença do então presidente Getúlio Vargas em uma grande cerimônia.
     
    Em 2012, a UNESCO considerou o Cristo Redentor como parte da paisagem do Rio de Janeiro incluída na lista de Patrimônios da Humanidade.
     
     

    ATENÇÃO
    Não somos responsáveis por alterações na programação.
    Recomendamos que confirmem os eventos através dos links ou telefones divulgados.
    Apenas organizamos e compartilhamos a informação.




    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Seja o primeiro a comentar este post

    Banner Pets

CURTA O BAFAFÁ!

DIVULGAÇÃO









#AGENDABAFAFA