TURISMO >> Histórias do Rio

  • Bondes cariocas vendidos como sucata circulam até hoje nos EUA

    Da Redação em 24 de Junho de 2022    Informar erro
    Bondes cariocas vendidos como sucata circulam até hoje nos EUA

    Carro 1850 conserva o maior grau de originalidade entre os que foram salvos pelos americanos. East Windsor, Connecticut


    Depois de ter circulado mais de 100 anos nas ruas do Rio de Janeiro, o bonde começou a ser desativado nos anos de 1960, implacavelmente quase da noite para o dia. O transporte foi substituído inicialmente por ônibus elêtricos e posteriormente a gasolina como é até hoje.
     
    A frota de bondes era então considerada uma das maiores do mundo com trilhos rasgando as ruas nas principais regiões da cidade. 
     
    A maior parte dos bondes, acredite, foi desmontada em ferros velhos e as cabines incineradas. No entanto, 12 exemplares sobrevivem até hoje porque foram comprados por Paul Class e Louis J. G. Buehler, da Associação dos Museus de Carris dos Estados Unidos.
     
    Por módicos US$ 1.200 conseguiram adquirir da CTC 12 bondes selecionados a dedo por sua variedade e raridade. 
     
    Eles ainda circulam em passeios promovidos por museus. Por ironia, o bonde 441, que já levou passageiros pelo Catumbi e pela Ilha do Governador, hoje cruza as ruas de Middletown, na Pensilvânia.
     
    Outros exemplares circulam em Tennessee, Iowa e Connecticut
     
    Fonte: Biblioteca Nacional
     
    Leia mais:


    • TURISMO QUE PODEM TE INTERESSAR

      Syn De Conde, o galã brasileiro que conquistou Hollywood no início do cinema
      Saiba Mais
      Revolta da Cachaça em 1660, no Rio de Janeiro, depôs governador nomeado pelo Rei
      Saiba Mais
      Bar Zeppelin, aberto em 1937, encantou várias gerações em Ipanema
      Saiba Mais


    • COMENTE AQUI

      código captcha

      O QUE ANDAM FALANDO DISSO:


      • Comentário do post Jefferson:
        Maravilhosa histórias


DIVULGAÇÃO